Consultório Odontológico _ Contato

Consultório Odontológico _ Contato
Clínica Geral/Odontopediatria__Telefax: (33) 3755-1526 Skype: cdmarciolara
Caso tenha alguma dúvida ou queira conversar conosco on-line, chame-nos pelo Skype ou MSN Messenger(clique abaixo) !!!

Site consultório: www.odontologialara.com.br






Google
20 ANOS DEDICADOS À ODONTOLOGIA
A SUA SAÚDE EM NOSSAS MÃOS!
INVISTA EM VOCÊ, SEU SORRISO MERECE!
MARQUE JÁ A SUA CONSULTA:
(33)3755-1526

Windows Live Messenger

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Dicas: Dietas: porque não resultam?

Dietas: porque não resultam?

A realidade tem vindo a bater-nos à porta: as dietas quase nunca dão certo - pelo menos a longo prazo... Existem às centenas, e cada dieta promete mais que a anterior, umas baseadas em apenas cores, outras em batidos, outras eliminando apenas uma parte da roda alimentar...e porque será que no final nenhuma funciona? Qualquer nutricionista lhe dirá para esquecer as dietas e para adoptar um estilo de vida saudável - o truque é apenas este. E porque é que as dietas não funcionam como se espera quando se opta por qualquer uma delas?

Porque as dietas usualmente abrem mais o apetite

A maioria das dietas publicita-se como um passo fácil, centrando-se apenas em cortar calorias ingeridas e não como um processo que requer um pouco mais de esforço, como adicionar exercício físico à dieta. Cortar, cortar, cortar... e por vezes substituir os alimentos por suplementos alimentares. Uma boa nutrição não implica cortar na quantidade de alimentos que se ingerem, implica um balanço alimentar, ou seja cortar nuns e introduzir outros. Para emagrecer é apenas necessário uma coisa: queimar mais calorias do que as que se ingerem. E de que forma é que isso pode ser feito?: exercitando mais o corpo, e substituindo alimentos hiper calóricos por alimentos com um índice de glicemia baixo, que mantenham os níveis de açúcar no sangue estáveis durante todo o dia, não provocando ataques de fome.

Porque as dietas encorajam a uma mudança radical

Um dos grandes problemas das dietas é o facto de nos encorajarem a mudar radicalmente de hábitos alimentares. Se está habituado a ter uma certa alimentação, uma dieta pedir-lhe-á que abandone esses hábitos de imediato e que se proponha a adquirir os novos hábitos especificados pela mesma dieta. Uma dieta deve ser algo não apenas temporário, mas um estilo de vida para toda a vida, e tal como você não aprendeu a andar de um dia para o outro também o seu corpo não se habituará a um novo regime alimentar de um dia para o outro. Quando a mudança radical surge; surge também a vontade radical de voltar aos velhos bons hábitos, e de uma forma ainda mais ávida. Uma mudança gradual é mais fácil de manter ao longo do tempo do que uma radical, isto é apenas um facto da natureza humana.

Porque as dietas são esgotantes fisicamente

A maioria das dietas implica cortar em alimentos que dão energia ao corpo durante o dia. Se apenas comer alface o dia todo, sentirá quebras de energia. Mesmo que incorpore exercício físico à sua dieta pobre em carboidratos, não conseguirá aguentar a passadeira do ginásio. Esta falta de energia cria uma desmotivação seguindo-se uma desistência da dieta, voltando tudo ao mesmo, ganhando ainda mais peso do que tinha anteriormente, pois o seu corpo estava a sentir-se a morrer à fome. Isto não significa que tenha de ingerir alimentos hiper calóricos para ter energia. Na realidade nunca deve abdicar de alimentos ricos em carboidratos em moderação razoável que lhe permitam ter energia suficiente.

Porque as dietas provocam a perda de tecido muscular

Quando se entra em dietas sem exercício físico, perde-se músculo, e a perda de músculo faz com que o metabolismo abrande pois o corpo não tem os motores necessários para consumir a energia. É por este facto que quando se pratica exercício físico se fica com um metabolismo mais rápido. Se pensa perder primeiro a gordura apenas com treino de cardio e só depois começar a trabalhar os músculos, saiba que seria necessário baixar o nível de calorias ingeridas de tal forma que não conseguiria ter a energia suficiente para poder treinar. Logo não é uma opção realista, pois desta forma queimará mais músculo que gordura, baixando o seu metabolismo, fazendo com que as gorduras se voltem a acumular ainda mais.

Porque as dietas provocam tristeza

As dietas baixas em carboidratos são chamadas de dietas tristes devido à falta de energia que provocam. Estas dietas provocam um estado de melancolia que pode mesmo levar a um desgaste emocional. E quando se está triste em que é que se pensa logo? Na maioria das vezes é mesmo em comida e não é em comida saudável mas sim a chamada comida “reconfortante” que nos faz sentir, por momentos, mais alegres e satisfeitos, e que usualmente engordam mais, tornando-nos ainda mais tristes com o nosso aspecto.

Fonte: Site Cromossoma Y

Nenhum comentário:

Pesquisar postagens neste blog