Consultório Odontológico _ Contato

Consultório Odontológico _ Contato
Clínica Geral/Odontopediatria__Telefax: (33) 3755-1526 Skype: cdmarciolara
Caso tenha alguma dúvida ou queira conversar conosco on-line, chame-nos pelo Skype ou MSN Messenger(clique abaixo) !!!

Site consultório: www.odontologialara.com.br






Google
20 ANOS DEDICADOS À ODONTOLOGIA
A SUA SAÚDE EM NOSSAS MÃOS!
INVISTA EM VOCÊ, SEU SORRISO MERECE!
MARQUE JÁ A SUA CONSULTA:
(33)3755-1526

Windows Live Messenger

sábado, 27 de junho de 2009

FLATULÊNCIA _ Perguntas e Respostas

TUDO O QUE VOCÊ QUERIA SABER SOBRE FLATULÊNCIA, MAS NÃO TINHA CORAGEM de PERGUNTAR.


--------------------------------------------------------------------------------

Entrevista com o Professor Paul Louie, especialista em produção de gases através de biomassa...

1. O que é o flato? Do que ele é feito?
Flato, do latim flatus, significa sopro e é uma composição de gases muito variável, expelida pelo ânus. É composto por parte do ar que engolimos junto com os alimentos, que é quase só nitrogênio e dióxido de carbono, pois o organismo absorve o oxigênio, e gases resultantes de reações químicas entre ácidos estomacais, fluidos intestinais e a flora bacteriana. Ou seja, dióxido de carbono, hidrogênio e metano. Popularmente é conhecido pelo nome de peido. Para melhorar a compreensão do texto, daqui em diante vamos chama-lo simplesmente de peido.

2. O que faz os peidos federem?
O odor dos peidos vem de pequenas quantidades de sulfeto de hidrogênio (gás
sulfídrico) e enxofre livres na mistura. Quanto mais rica em enxofre for sua dieta, mais desses gases vão ser produzidos pelas bactérias no seu intestino e mais os seus peidos vão feder. Pratos com repolho, couve-flor e ovos são notórios por produzirem peidos fedidos. Feijão, por exemplo, produz grandes quantidades de peidos não necessariamente fedidos.

3. Por que peidos fazem barulho?
Os sons são produzidos pela vibração produzida pela passagem dos gases através do orifício anal. O som depende da velocidade da expulsão dos gases e de quão estreita for a abertura dos músculos do esfíncter anal.

4. Quanto gás uma pessoa normal produz por dia?
Em média, uma pessoa produz cerca de um litro de peido por dia, distribuídos em cerca de 14 peidos diários. Pode ser difícil para você determinar o volume dos seus peidos diários, mas você pode estimar quantas vezes peida.
Pense nisso como um pequeno experimento científico: anote tudo que você come e conte o número de vezes que você peida. Você pode inclusive anotar sobre o odor deles. Você descobrirá uma relação entre o que você come, quanto você peida e quanto seus peidos fedem.

5. Quanto tempo leva até que o peido chegue ao nariz de alguém?
Isso depende das condições atmosféricas, umidade e velocidade do vento, além da distância entre as pessoas. Os peidos também se dispersam e sua potência diminui na exata proporção em que ele se dilui com o ar. Condições excepcionais existem quando o peido é liberado numa área diminuta e fechada, como num elevador, num quarto pequeno ou num carro, porque essas condições limitam a quantidade de diluente possível (ar) e o peido vai permanecer numa concentração perceptível por mais tempo. É consenso na sociedade que peidar em ambientes apertados, úmidos, e com alta concentração de pessoas, como metrôs, ônibus e elevadores lotados, notadamente em dias de chuva, não é eticamente bem aceito.

6. É Verdade que algumas pessoas nunca peidam?
Não. Se elas estiverem vivas, peidam. Pessoas podem peidar até mesmo algumas horas depois de mortas.

7. Homens peidam mais que mulheres?
Não. Mulheres peidam tanto quanto homens.. A diferença é que os homens se orgulham de fazê-lo.

8. Em que parte do dia estamos mais sujeitos a peidar?
Durante a manhã, quando estiver no banheiro. Isso é conhecido como "trovoada matinal". Se o executor conseguir uma boa ressonância, ele pode ser ouvido na casa inteira.

9. Por que feijão faz as pessoas peidarem tanto?
Feijão contém açúcares que não conseguimos digerir. Quando esses açúcares chegam em nossos intestinos, bactérias os transformam em gás. Outros produtores notórios de peidos são milho, músculo, repolho e leite.

10. Um arroto é um peido que saiu pelo lado errado?
Não, a frase "Arroto é um peido que subiu de elevador" é puro folclore. O arroto vem do estômago e tem composição química diferente do peido. Peidos têm menos ar atmosférico e mais gases produzidos por bactérias..

11. Para onde vão os peidos quando você os segura?
Quantas vezes você segurou um flato, pretendendo soltá-lo em lugar e oportunidade mais apropriados e depois descobriu que ele tinha "desaparecido" quando você estava pronto? Ele saiu lentamente sem a pessoa saber? Foi absorvido pela corrente sangüínea? O que aconteceu com ele? Boa parte da comunidade médica concorda que o peido não é nem liberado nem absorvido. Ele simplesmente volta para os intestinos e sai mais tarde. Isso reafirma o fato de que os peidos não são realmente perdidos, e sim adiados.

12. É possível mesmo acender peidos?
A resposta é SIM. Normalmente os peidos incluem metano e hidrogênio, ambos gases inflamáveis. Entretanto, você deve estar ciente de que colocar um peido em ignição é perigoso. Cerca de 25% das pessoas que o fizeram queimaram a pelagem do ânus chegando até a chamuscar as pregas. Pessoas com histórico de hemorróidas, operadas ou não, devem tem cuidados redobrados na queima dos peidos. Peidos produzem chamas azuis ou amarelas conforme a predominância de hidrogênio ou metano na mistura.

13. Por que meninas não assumem seus peidos?
Atualmente somente algumas meninas não assumem seus peidos.. A razão é cultural. Elas são ensinadas a pensar que peidar é coisa de homens. É Um grande erro pensar assim. Todas as pessoas emitem gases anais, inclusive a Rainha Elizabeth e sua corte.

14. Cheirar peido deixa "chapado"?
Não se conhecem agentes dopantes na flatulência.

15. É possível engarrafar um peido para uso posterior?
Teoricamente sim, mas há uma série de problemas tecnológicos. Pode-se tentar usar um saco plástico ao invés de uma garrafa. Você pode usar como uma experiência de feira de ciências: peide em vários sacos plásticos e vede com cuidado. Então encha outros sacos com ar normal. Espere 2 horas. Então eleja voluntários para cheirar o conteúdo dos sacos e verifique se eles conseguem dizer se o que tem ali dentro é peido ou é ar. Isso vai te dar a informação se é possível estocar e qual a durabilidade dos peidos.

16. É estranho gostar de peidar?
Não. Mas se a pessoa peida numa quantidade que lhe traz constrangimentos sociais, deve consultar o médico, pois isso pode afetar sua auto-estima. Há casos registrados de pessoas com depressão causada pelo excesso de flatulência. .

17. Peido pode ter cor?
Não, porque os gases que o constituem são incolores. Imagine que interessante seria peidar laranja, tipo dióxido de nitrogênio. Ninguém mais perguntaria de quem é o peido.

18. Outras pessoas sentem mais o cheiro do peido do que o "autor"?
O peido deveria cheirar tanto para quem o soltou quanto para as pessoas que o inalaram. Mas quem soltou leva vantagem pelo fato de que expeliu o ar para longe do seu corpo, numa direção oposta à do seu nariz. Peidar contra o vento anula essa vantagem.

Nenhum comentário:

Pesquisar postagens neste blog